como organizar as contas do final de mês

Como organizar as contas do final de mês e terminar no azul

Aprenda como organizar as contas do final de mês para terminar o ano sem entrar no cheque especial, endividado ou com extensão de valores a serem quitados com juros altíssimos.

Como organizar as contas do final do mês? Talvez esse seja o grande dilema da vida adulta. Os boletos acabam chegando, o desespero os acompanha e o azul parece mais distante quando a caixinha do correio lota.

Por certo, terminar no azul é sonho de grande parte dos brasileiros. Por vezes, parece impossível, porque o salário segue estagnado e o valor de tudo sobe.

De fato, o poder de consumo anda embaixo, seja para as classes mais baixas, seja para a classe média.

Por isso, o ideal é conhecer profundamente tudo que cerca a economia pessoal.

Como fazer isso, no entanto?

É preciso entender quanto ganha e quanto pode ganhar (bicos), o quanto pode gastar e o quanto pode comprar.

Portanto, é necessário adequar o fluxo de caixa que entra ao fluxo de caixa que sai. Uma organização é instaurada. A facilidade em conter os gastos em cima do que se recebe é o primeiro passo para terminar o mês no azul.

5 dicas de como organizar as contas do final de mês

Está difícil terminar no azul? Não se preocupe. Estas dicas ajudarão você a organizar as contas do final de mês.

Certamente, elas podem ser assustadoras, levar ao desespero. No entanto, é possível, sim, encerrar o mês ainda com uma cotinha na conta.

Primeiro de tudo, entenda sua atual situação financeira

É preciso olhar pra si, entender a situação e assim coordenar as ações. Não adianta vislumbrar viagens para o exterior quando se compra uma televisão de última geração. Desse modo, se não é possível fazer os dois, estabeleça o que gastar, quando gastar, e, sobretudo, sua necessidade.

Dessa forma, não se esqueça de estudar semanalmente o que entra e o que sai do caixa. Avalie documentos, ligue para o banco em caso de dúvidas e esteja sempre atento às contas.

Gastos supérfluos não mais

Ponha um fim nos gastos supérfluos. Decididamente, para terminar no azul, é fundamental que tenha um controle das contas, principalmente naquilo que se gasta.

Além disso, mais ainda sobre em que se gasta. O mais preocupante é o fato de que 70% do salário “some” ao longo do mês. O pior é não saber para onde o dinheiro vai. 

Ao mesmo tempo, compute os gastos, veja o que pode ser cortado e perceba o quanto economizará. Para terminar o mês no azul, é fundamental que o desnecessário deixe de ser necessidade.

Prefira a compra à vista

Ademais, a compra à vista facilita o controle financeiro. Contas de longo prazo atrapalham compras presentes.

Afinal, depois de seis meses o valor segue sendo debitado da conta, fazendo com que o dinheiro diminua.

Comprar à vista, assim, garante o controle direto do fluxo que sai, como também do fluxo que entra. Comprar à vista, além de possibilitar o controle financeiro, diminui a ansiedade pela compra.

Não se encante com o dinheiro a mais

Sempre brilha o olho ao cair um dinheiro a mais na conta. Porém, é fundamental não se encantar com esse valor. Para melhor utilizá-lo, reserve-o. Usufrua quando for necessário, como trocar um eletrodoméstico ou investir para ganhar mais.

O dinheiro a mais não pode ser interpretado como “alívio de caixa para comprar algo”. Lembre dos gastos supérfluos. Gastar imediatamente o dinheiro a mais (como o 13º salário) é anunciar o vermelho para o mês seguinte.

Planeje e organize para terminar no azul

Então, como organizar as contas do final de mês? Simples, com planejamento.

  • Colocar na ponta do lápis o que é necessário, o que é imprescindível e o que é importante.
  • Tudo o que não for adicional – apenas supérfluo – deverá ser cortado.

Só assim para que o mês termine no azul, e o seguinte possa ter uma reserva futura.

Conclusão

O dinheiro entra fácil (imagina se é tão fácil assim, não é mesmo?) e sai mais fácil ainda

Manter o controle das contas é por demais difícil, se consideramos todas as necessidades do dia a dia.

Entretanto, é preciso um pouco de esforço e dedicação para conquistar o longo prazo. Sobretudo, planejamento, persistência e objetividade.

Afinal, é essa mesmo a característica da moeda de troca, trocar o que temos pelo que precisamos. Nesse caso, o dinheiro x contas e compromissos.

E você?

Qual a sua dica para organizar contas do final do mês e manter o controle financeiro da casa?

Comente abaixo e compartilhe suas dicas ou opiniões.

Moeda de Troca | A moeda real do negócio

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
Receba no seu e-mail as novidades desse site

Não se preocupe, seu e-mail estará seguro conosco
Somos contra o SPAM
Além disso, você poderá sair de nossa lista quando quiser.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: