Bem vindo ao Moeda de Troca – A moeda real de toda transação, seja comercial ou não.
Moedas da bandeira olímpica

Moedas da bandeira olímpica: Londres 2012 – Rio 2016

Quando da escolha do Rio de Janeiro como cidade sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Verão de 2016, surgiram as Moedas da bandeira olímpica, ou moedas das olimpíadas. Escolha essa, que afetou vários setores do Brasil, tanto de forma positiva quanto negativa.

O projeto das moedas da bandeira foi o que motivou o lançamento da série de moedas das olimpíadas Rio 2016. Que tornaram-se realidade graças aos esforços de várias entidades representantes da numismática.

A união dessas entidades, juntamente com o apoio da Casa da Moeda, provou que a união poderia transformar a numismática brasileira e enriquecer nossa numária com emissões especiais e comemorativas.

A escolha da cidade do Rio de Janeiro

Em 7 de setembro de 2007 foi oficializada a candidatura da cidade do Rio de Janeiro. Para tanto, levou-se em conta a existência de instalações esportivas de alto nível na cidade. Aliás, um legado remanescente dos Jogos Pan-americanos de 2007.

Após escolha interna do Comitê Olímpico Brasileiro, enviou-se cartas de intenção ao Comitê Olímpico Internacional.

Além do Rio, postularam-se como candidatas as cidades de Baku (Azerbaijão), Chicago (Estados Unidos), Doha (Qatar), Madrid (Espanha), Praga (República Checa) e Tóquio (Japão).

A cidade do Rio de Janeiro foi oficializada como postulante em 14 de setembro de 2007.

Em junho de 2008, a cidade do Rio de Janeiro foi anunciada oficialmente como candidata a sede dos Jogos olímpicos. Ao lado de Chicago, Tóquio e Madrid.

Sendo essa, a primeira vez que passou da primeira fase do processo do COI, após duas eliminações.

Em 2 de outubro de 2009, após votação realizada pelos membros do Comitê Olímpico Internacional, a cidade do Rio de Janeiro foi anunciada como sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Verão de 2016.

Isso ocorreu em Copenhague (Dinamarca), com 66 votos, ficando a cidade de Madrid em segundo lugar com 32 votos.

Com efeito, a cidade do Rio de Janeiro tornou-se a primeira cidade da América do Sul a receber uma edição dos jogos olímpicos.

Ao passo que o Brasil tornou-se o quarto país a sediar Copa do Mundo de Futebol e Jogos Olímpicos num espaço de dois anos, depois de México, Alemanha e Estados Unidos.

Moedas da bandeira

Moedas da bandeira

O lançamento das moedas comemorativas a entrega da bandeira olímpica (moedas da bandeira), foram autorizadas pelo Comunicado nº 22.827 de 10 de agosto de 2012 do Banco Central do Brasil.

Assinado pelo chefe do Departamento do Meio Circulante (MECIR), o Sr. João Sidney de Figueiredo Filho.

Nesse comunicado, foi divulgado o lançamento de duas moedas:

  1. Moeda de prata de 5 reais, cunhada em prata 925/1000, diâmetro de 40mm, peso de 27g, bordo serrilhado e acabamento proof para venda em estojo exclusivamente a colecionadores;
  2. Moeda bimetálica de 1 real, cunhada com núcleo em aço inox e anel de aço revestido de bronze, diâmetro de 27 mm, peso de 7,0 g, bordo serrilhado intermitente, acabamento comum para grande circulação e algumas com acabamento “uncirculated” para venda em cartelas exclusivamente a colecionadores.

Moeda de 1 real da bandeira olímpica (bimetálica)

A moeda de 1 real da bandeira olímpica é bimetálica.
Na parte superior do anverso, ela exibe a imagem da bandeira olímpica e a logomarca oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Ambas estampadas na parte central da peça sob a legenda “Brasil”, circuladas pela legenda “Entrega da Bandeira Olímpica”.
Na parte inferior, circulada também pela legenda “Londres 2012 – Rio 2016”.

Já o reverso permanece inalterado em relação às moedas bimetálicas de circulação comum.
Apresentando, à esquerda, linhas diagonais de fundo, com destaque para a inscrição indicativa de valor “1” e com as legendas: “REAL”, “2012” (ano de cunhagem) e símbolos da Bandeira Nacional.

Anverso da moeda
Apresenta a Bandeira Olímpica e a logomarca dos Jogos Olímpicos Rio 2016.
As legendas “Brasil”, “Entrega da Bandeira Olímpica” e “Londres 2012 – Rio 2016”

Reverso da moeda
No anel dourado, grafismo indígena marajoara. No núcleo prateado, esfera sobreposta por uma faixa de júbilo, que, com a constelação do Cruzeiro do Sul, faz alusão ao Pavilhão Nacional, e os dísticos correspondentes ao valor facial e ao ano de cunhagem

INFORMAÇÕES TÉCNICAS – OBTIDAS NO SITE DO BCB EM 16/10/2018

  • Valor facial 1 real
  • Ano 2012
  • Circulação A partir de 13/08/2012
  • Diâmetro 27,0 mm
  • Peso 7,00 gramas
  • Espessura 1,95 mm
  • Material Núcleo de aço inoxidável e anel de aço revestido de bronze
  • Eixo Reverso moeda (EH)
  • Emissor Casa da Moeda – Rio de Janeiro
  • Emissão oficial 1.995.700 (circulação comum)
  • Emissão oficial 20.300 (cartela)

O lançamento das moedas em comemoração a entrega da bandeira olímpica foram autorizadas pelo Comunicado nº 22.827 de 10 de agosto de 2012 do Banco Central do Brasil, assinado pelo chefe do Departamento do Meio Circulante (MECIR), Sr. João Sidney de Figueiredo Filho.

O comunicado especifica as seguintes características de produção de duas moedas, uma de prata e uma bimetálica, cunhadas pela Casa da Moeda do Brasil.

A moeda da bandeira olímpica de prata possui valor de face de 5 reais, feita em prata 925/1000, com diâmetro de 40 mm, peso de 27 g, bordo serrilhado e acabamento proof.

A moeda possui no anverso a imagem da bandeira olímpica e a logomarca oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016 estampadas

Na parte central da peça sob a legenda “2012” (ano de cunhagem), circuladas na parte superior pela legenda “Entrega da Bandeira Olímpica”.

No reverso da moeda estão os ícones da Tower Bridge e do Cristo Redentor, representando as cidades de Londres e do Rio de Janeiro, além das legendas: “5 reais”, “Brasil” e “Londres 2012 – Rio 2016”.

Certamente, as moedas da bandeira olímpica foram o destaque antes, durante e depois dos Jogos olímpicos de 2016

Sobre o Moeda de Troca

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
Receba no seu e-mail as novidades desse site

Não se preocupe, seu e-mail estará seguro conosco
Somos contra o SPAM
Além disso, você poderá sair de nossa lista quando quiser.
%d blogueiros gostam disto: